So she said…

Sinto a tua falta – é essa a verdade.

Mais que tudo sinto falta da tua presença na minha vida. Não que já não estejas presente de alguma forma, mas faz-me falta a presença física.

Gostava dos nossos pequenos momentos, mesmo quando ficávamos em silêncio durante tempos e tempos um ao lado do outro. Sentia uma empatia tão grande por ti, que até no silêncio me fazias sentir bem.

Agora que olho para trás e observo mentalmente tudo por quanto passámos sei que houve momentos em que desejava ter te dito algo que não disse. Devia ter te dito quanto eras (e és) para mim. Talvez já o soubesses, ou pelo menos suspeitasses, mas palavras nunca são de mais.
Devia ter feito coisas que não fiz – ora por hesitação, ora pelo desconforto de pensar que talvez não fosse aquele o momento certo.

Aprendo com isto. No futuro, se a oportunidade me for dada, não vou mais hesitar. Não vou pensar se o devo fazer ou dizer, vou apenas fazê-lo ou dizê-lo.

Espero que no futuro (e que seja próximo) te possa ter outra vez comigo.

Mas por agora só te posso dizer: Fazes-me falta.

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s