Ne me quitte pas

Não me tirem a alegria, pois é dela que tiro os meus dias.
Não me tirem a dor, só por ela desgasto o réstio de amor.

Tirem-me a inocuidade das minhas acções e os pesares que resguardo nas gavetas da minha mente.

Não me tirem o que é de mim, mas destruam o que não me pertence!

A quem de mim tira o que lhe acha pertencer só peço que não se acomodem… porque não há pior perda que a do ser.

signature

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s