Descobri o que gostava de fazer para o resto da minha vida. E agora?

Dei por mim feliz numa aventura daquelas que nos mudam a vida, abrem os olhos e nos trocam as voltas.

Há precisamente um ano atrás eu aterrava na terra que viria ser minha por 1 mês e meio fisicamente,  mas para sempre ao nível do coração e mental: São Tomé e Príncipe.

Tenho a dizer-vos que durante os 6 meses antecedentes a esse tinha dado o meu melhor na construção de um sonho original de empreendedorismo social, numa área diferente da minha e com um público diferente ao que estava habituada a lidar.  Com duas pessoas fantásticas na equipa fui construindo um projecto para crianças com e sem necessidades educativas em 3 comunidades no interior da ilha.

Agora vocês dizem: mais uma daquelas sonhadoras, meio ingénuas com a mania de querer mudar o mundo, a achar que a vida é fácil e isto basta querer…

Hm, obrigada. Também já pensei nisso, mas não. Acredito na mudança, nas capacidades (boas ou más) das pessoas e acredito que mudar o mundo faz-se tocando num pouco do mundo dos outros – mesmos naqueles mundos completamente diferentes do nosso.

Sou uma sonhadora mas praticante. Daquelas que sabem que o trabalho tem de ser feito e que mesmo por vezes sem disposição sabe que o que tem de ser tem muita força.

E com isto tudo o que me fez escrever a frase que intitula este texto foi o percurso, não só desse voluntariado porque não foi o primeiro, mas sim de tudo o que já fiz até agora nesta minha tenra vida e que culminou na introspecção que essa oportunidade me proporcionou.

Uma pessoa caminha querendo encontrar nem que seja debaixo de uma pedra o sentido da vida, e foi sobre esse mesmo pensamento que me debrucei. Não,  não descobri, mas na humildade da minha descoberta vi que um dos sentidos, mesmo que não seja o final, terá que passar pela área da cooperação e desenvolvimento.

Ahhh – suspiro dizendo: e sabe tão bem quando achamos que encontramos um objectivo fixo no qual nos podemos concentrar e delinear a táctica da vida. Pois conseguido visualizar a meta, a trajectória até lá torna-se mais desafiante e inspiradora.

Agora é trabalhar, trabalhar e trabalhar! …pela minha mudança e nossa.

signature


Para os que gostavam de ficar a conhecer um pouco mais do projecto:
https://m.facebook.com/crescersaotome
http://crescersaotome.wix.com/crescersaotome

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s