Duas escolhas, apenas.

Quantas vezes bateste na mesma porta?

Quantas vezes essa porta abriu e o que encontraste foi mais do mesmo?

Quantas vezes vais tu continuar a bater nessa porta?

Tens duas opções: perder o rasto dessa porta e encontrar outra com uma madeira mais bonita e acolhedora  ou  continuar a viver na esperança que um dia essa porta abra e ao passar por ela encontres algo diferente.

Talvez um dia essa porta descubra que tu és a única mão que deve sempre bater sobre ela.

signature

Anúncios

One thought on “Duas escolhas, apenas.

  1. Por vezes custa estar sempre a bater às portas… Mas em muitas matérias muitas vezes não há outra hipótese. Desistir é solução? Para algumas coisas sim. Mas noutras não. Por exemplo, na procura de um emprego, podemos desistir? Não. Ou encontras um ou crias um. Não há grandes hipóteses a esse respeito. Um beijo grande :)

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s